Governo do Estado do Rio de Janeiro
SECRETARIA DE GOVERNO
Para DENÚNCIAS e ORIENTAÇÕES ligue para 151 e o horário de funcionamento é de segunda à sexta de 07:00 às 19:00.

EDUCAÇÃO
PARA O CONSUMO

Saiba o que determina o Código de Defesa do Consumidor e aprenda a usar os seus direitos.
ENTENDA MAIS

Veja como o PROCON orienta de maneira simples e clara o consumidor, antes de realizar as compras ou adquirir serviços.
VER DICAS

Conheça o Código de Defesa do Consumidor (Português, English, Español).
MAIS INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS

Procon-RJ autua Antiquarius e outros 14 restaurantes do Leblon nesta terça-feira

07.02.2018 - 09:49
20180206_121753edt2_1518004151.75.jpg

O Procon-RJ realizou nova etapa da Operação Esquentando os Tamborins nesta terça-feira (06/02). Foram vistoriados 18 bares e restaurantes no Leblon, Zona Sul do Rio. Os fiscais notificaram nove locais e autuaram outros seis. Foram descartados 56kg e 412g de alimentos impróprios ao consumo e 32 litros de chope vencido.Somente no restaurante Antiquarius, localizado na Rua Aristides Espíndola, 19, os fiscais descartaram mais de 20kg de produtos impróprios ao consumo.

Entre os alimentos estavam vencidos molhos, queijos, alcaparras, aspargos, champignon, tâmaras, batatas, bacon, truta, brócolis e pratos prontos. Entre os produtos sem especificação de vencimento, havia 3kg e 500g de purê de batata e 3kg de mexilhão. Havia diversos problemas estruturais na área de preparo de alimentos, como: ralos sem proteção, lixeira sem pedal, piso quebrado e com infiltração, porta da câmara de resfriados enferrujada e com defeito na vedação, além de fiação exposta no teto. A cozinha estava muito suja e os fiscais determinaram a limpeza de modo que as instalações físicas, equipamentos e utensílios ficassem higienizados e livres de contaminação. O local também não contava com cartazes do Disque 151 – telefone para denúncias recebidas pelo Procon – e do Disque 180, do combate à violência contra a mulher. A fiscalização determinou um prazo de 15 dias para a solução destas irregularidades.

No Aconchego Carioca, localizado na Rua Rainha Guilhermina, 48, os fiscais descartaram 15kg de produtos vencidos: entre queijo coalho ralado e molhos diversos.O piso daárea do bar estava com pequenos buracos, devendo ser reparado no prazo de 15 dias.Não foram encontradas irregularidades nos seguintes estabelecimentos:Restaurante Oro (Av. General San Martin, 889); Restaurante Zuka (Rua Dias Ferreira, 233) e La Mole (Rua Dias Ferreira, 147).

Balanço da Operação Esquentando os Tamborins:

1 – Antiquarius (Rua Aristides Espíndola, 19): Ausência de cartaz do Disque 151 – denúncias ao Procon. Ausência do Cartaz do Disque 180 – violência contra a mulher.Produtos vencidos: 40g de alcaparras; 50g de queijo parmesão; 100g de aspargos; 250g de mostarda; 1 litro de molho de laranja; 400ml de molho especial; 300ml de molho bechamel; 2kg e 500g de champignon; 700g de tâmara; 150g de purê de batatas; 300g de noisete de maçã; 1kg e 500g de batatas; 5kg de truta; 50g de molho tártaro; 300g de queijo gorgonzola; 250g de torresmo; 1 kg de brócolis; 150g de bacon; 400g de muçarela de búfala; 500g de batata gratinada. Produtos sem especificação: 3kg e 500g de purê de batata e 3kg de mexilhão. Problemas estruturais: ralos sem proteção, lixeira sem pedal, piso com infiltração e quebrado, porta da câmara de resfriados enferrujada com defeito na vedação, fiação exposta no teto, cozinha muito suja. Os fiscais determinaram que fosse realizada a limpeza da cozinha de modo que as instalações físicas, equipamentos e utensílios fiquem higienizados e livres de contaminação. Prazo de 15 dias para sanar as irregularidades.

2 – Alvaro´s (Rua Cupertino Durão, 87): Ausência de cartaz do Disque 151 – denúncias ao Procon. Ausência do Cartaz do Disque 180 – violência contra a mulher. Ausência do certificado de dedetização. Ausência do certificado de potabilidade da água. Ausência do Livro de Reclamações. Produtos armazenados sem especificação de validade: 5kg de bife à milanesa e 2kg de pernil. Problemas estruturais: cozinha com acúmulo de gordura, porta da câmara com batente de madeira, chão com fissuras, teto da câmara com ferrugem.

3 – Giuseppe Grill (Av. Bartolomeu Mitre, 370): Pisos danificados na área da cozinha e pisos quebrados na câmara de refrigeração. Ausência do Cartaz do Disque 180 – violência contra a mulher.Havia uma bancada com frutos do mar expostos à poeira e insetos, à disposição do consumidor para manipulação. Os fiscais deram o prazo de 15 dias para adequar a exposição desses alimentos para que fique de forma segura ao consumidor.

4 – Manekineko (Rua Dias Ferreira, 410): Ralo da cozinha sem proteção. Ausência do cartaz do Disque 180 – violência contra a mulher.Ausência do cartaz que informa a disponibilização de água filtrada gratuita.

5 – Bar do Adão (Rua Conde de Bernadotte, 26): Ausência do certificado do Corpo de Bombeiros. Havia 32 litros de chope claro vencido em barril de 50 litros conectado.

6 – Sawasdee Bistrô (Rua Dias Ferreira, 571): Havia 830g de shitake sem especificação de validade. Ralo da cozinha sem proteção e lixeiras com defeito no acionamento por pedal. Prazo de 15 dias para adequação.

7 – Degrau (Rua Ataulfo de Paiva, 517): Problemas estruturais: pisos quebrados eporta da geladeira com defeito na vedação. Produtos sem especificação de validade: 3kg e 200g de queijo; 1kg e 100g de filé de sardinha em óleo; 2kg e 800g de cereja em conserva; 940g de palmito. Produtos vencidos: 2kg e 500g de linguiça. Problemas estruturais na área de armazenamento: batente e degrau de madeira molhados; dobradiças da câmara frigorífica e teto com bolor; ladrilhos quebrados. Prazo de 15 dias para reparo.

8 – Nam Thai (Rua Rainha Guilhermina, 95): Problemas estruturais: ralo sem proteção. Ausência do cartaz do Disque 180 – violência contra a mulher.Ausência do cartaz que informa a disponibilização de água filtrada gratuita.

9 – Pap´Açorda (Rua General Urquiza, 117): Problemas estruturais: cozinha com acúmulo de gordura, caixa de passagem desnivelada acarretando acúmulo de água, porta da antecâmara com batente de madeira, porta da câmara com ferrugem. Prazo de 15 dias para reparo.

10 – CT Boucherie (Rua Dias Ferreira, 616): Câmara frigorífica com pisos descascados e danificados. Prazo de 15 dias para reparo.

11 – Quadrucci (Rua Dias Ferreira, 233): Produtos vencidos: 950g de cogumelo recheado. Problemas estruturais: duas lixeiras com defeito no acionamento por pedal. Prazo de 15 dias para reparo. Ausência do Livro de Reclamações.

12 – Aconchego Carioca (Rua Rainha Guilhermina, 48): Produtos vencidos: 352g queijo coalho ralado; 2kg de molho de mostarda; 700g de molho de moqueca; 1kg e 600 g de molho vinagrete; 1kg de cebola caramelizada; 10kg de molho de rabada. Área do bar com pisos apresentando pequenos buracos. Prazo de 15 dias para reparo.

13 – Balada Mix (Av. Ataulfo de Paiva, 620): Pisos da cozinha e azulejos das paredes com algumas fissuras. Prazo de 15 dias para reparo.

14 – Filé do Lira (Av. Ataulfo de Paiva, 658): Problemas estruturais: lixeiras sem acionamento por pedal, prateleiras das câmaras de resfriados e congelados com ferrugem em contato com embalagens de alimentos.

15 – Restaurante Fellini (Rua General Urquiza, 104): Problemas estruturais: necessidade de troca de azulejos das cantoneiras; pisos quebrados com acúmulo de água. Ausência do cartaz que informa a disponibilização de água filtrada gratuita.
Tecnologia PRODERJ - Todos os direitos reservados
Esta obra é licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuio 2.0 Brasil